maio 23, 2008

>>>>>>>>>>>>>>>>>>> S O U <<<<<<<<<


sou vida
sou poema flor
sou poalha lilás
sou o teu jardim
sou vida
sou trilho do mar
sou barco a ti preso
sou vaga ao teu colo
sou vida
sou farol teu sol
sou ardor ao vento
sou cais da espera
. . . já não sou quimera . . .

poema e fotos: poetaeusou

48 comentários:

Duarte disse...

Hoje contemplei durante o dia, como vão caindo as flores das Jacarandás, cobrindo de lilás o passeio da avenida das Cortes Valencianas. As ramas ainda estão cobertas de flores, mas já começam a aparecer algumas folhas, dando-lhe esse tom verde ás riscas, parecem penteadas.
Por isso não me estranha que andes perdido entre tanta beleza à procura desse SOU, para não seres quimera e muito menos perfídia...

Abraços

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá meu querido Amigo Poeta, lindas fotos desses maravilhosos lugares do nosso lindo Portugal...
O poema está escrito com muita sensibilidade... O teu coração pertence ao Mar e é o mar que voga o barco de hoje, amanhã, o Horizonte belo que tentas alcançar... E a Vida continua e a Vida nos foge... entre lágrimas de amor e de bem-estar...
Querido Poeta;
Abre a janela da Vida, com cântico sublime, delicado, vê a pureza do teu Amor.
Mais tarde, com saudade, ao alcançares o barco no Horizonte, que fará abençoar a tua mocidade,
que gerou duma nascente tanta fonte!...
Beijinhos de carinho e amizade,
Fernandinha

Farol disse...

Por vezes "alguem" é tanto para nós...mas nao somos nós que mandamos no destino ...

Essa palmeira esta linda aí sempre a olhar para o vosso mar, um dia tenho de ir para junto do mar tambem, tem de ser

Beijocas tardias (amanha é que é)

MirMorena disse...

Poeta das conchinhas

“Põe quanto és no mínimo que fazes, assim em cada lago a lua toda brilha por que alta vive”

Fernando Pessoa

*****
Lindo seu "SOU"...

És especial...

Bjuss de carinho

Carminda Pinho disse...

Poeta,
és tudo isso amigo e, aposto que estás feliz.:)

Beijos

Multiolhares disse...

És o meu florido jardim
Onde a poalha se esbate
Mar de amor que eu embalo

Beijos nossos

Juani lopes disse...

Yo si se quien eres, eres mi poeta del mar y e las flores portugues
saluditos

Maria Clarinda disse...

Mais uma delicia de palavras feitas poema, com fotos lindas.
Obrigada meu poeta.

poetaeusou . . . disse...

*
duarte
,
perfídia . . .
insídia
maquiavelismo . . . puro . .
,
saudações
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
fernanda & poemas
,
se varandas tivesse o mar
seria uma nova ciranda
ia visitar a Fernanda
deixando-lhe o meu olhar,
,
conchinhas chuvosas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
farol
,
vem, vem guiar os olhos meus,
e recordarei:
. . . maré nostrum . . .
,
jinos
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
mirmorena
,
Olhando o mar, sonho sem ter de quê.
Nada no mar, salvo o ser mar, se vê.
Mas de se nada ver quanto a alma sonha!
De que me servem a verdade e a fé?
,
conchinhas pessoanas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
carminda pinho
,
a felicidade,
é um estado de alma . . .
logo
é efémera . . .
,
conchinhas amigas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
multiolhares
,
venho de ver o mar,
a poalha não me deixa saudar,
olhos no vértice, o horizonte . . .
,
o mar começa agitar-se,
ao olhar o casario
mostra o seu descontentamento,
por “isto” . . . “tudo”,
,
bom trabalho, desejo-te,
,
beijos nossos,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
juani lopes
,
sou o que não sou,
e
quando o sou deixo de o ser,
,
saudações,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
maria clarinda
,
não sou narcisista,
mas que alimentas o meu ego . . .
,
obrigado,
,
conchinhas de gratidão, deixo,
,
*

Helena disse...

Es aquele Poeta da Nazaré
que nos encanta cada dia que passa
Obrigada por o seres

um beijinho

Teresa Durães disse...

sou vida
barco que navega

Paula Raposo disse...

Cheio de certezas e muito decidido este teu poema!! Bem conseguido...beijos.

poetaeusou . . . disse...

*
Helena
,
fui apanhar "perceves"
esta manhã, ao cantinho,
não foi necessario tiras os ténis,
,
que cheirinho a placton,
,
conchinhas de iodo, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Teresa Durães
,
a vida,
é bela,
em navegada rota,
numa barca á vela,
tela,
no voar de uma gaivota,
,
conchinhas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Paula Raposo
,
paulinha,
,
antidoto poético,
o que me oferes . . .
,
jinos "murais",
,
*

gaivota disse...

olá poeta poeta!
eu sei que és tudo isso e és a imagem pura e linda do mar, do meu mar, do nosso mar, do mar da Nazaré!
vocês os dois são lindos!
tá a praia mais rica ainda!
esse cais da espera, fala tantoooooooooo
beijinhosssssssssssssssss

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
linda
,
fui hoje ao canto das pedras,
quando cheguei não tinha a
maquina para fotar, embora
sejam 100 metros a minha casa
decidi apanhar peceves,
já estão ao lume . . .
o Quique Flores "dá-me cabo"
da pinha . . . hehehe . . .
,
pililipares,
,
*

Alma Indigo disse...

Sim!!! É mesmo isso poeta, és vida!!!! :)

Lindo!!

bjos

Suave Toque disse...

"Irradie sempre sua luz em todas as direções, ela encontrará muitos corações necessitados onde germinarão sementes de AMOR e PAZ."

Passo aqui para desejar um ótimo final de semana.

Beijos

Suave Toque

Sol da meia noite disse...

És também a Amizade que tão bem sabe tocar corações...
... és um Amigo.

Xis

poetaeusou . . . disse...

*
Alma Indigo
,
temos que rosar a vida,
rosa a cor dos sonhos,
,
conchinhas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Suave Toque
,
luz,
paz,
amor,
vida . . .
,
conchinhas de vida,
,
*

Dora disse...

Uma definição de ser: SOU, sempre em relação a luminosidades..."Sou vida"! E, a partir daí, essa vida é oferecida a alguém...Isso é um poema de doação! Por isso, é lindo em todos os sentidos!
Pronto! Exagerei!!! Com prazer genuíno...rs(e nem vou falar das imagens...).
Um abração!
Dora

poetaeusou . . . disse...

*
Sol da meia noite
,
a amizade,
diáriamente regada-
com respeito e carinho,
é eterna,
,
conchinhas eternas, deixo,
,
*

Ofarol disse...

A sensibilidade, para jogar com as palavras, mas não com os sentimentos, fazem do meu amigo um poeta admirado. E ainda não satisfeito, ilustra com fotos dignas dos melhores fotografos.

Um abraço, amigo.

Isabel-F. disse...

já tinha saudades de te ler ...


mais um lindo poema ...


beijinhos e bom fim de semana

poetaeusou . . . disse...

*
Dora
,
luz da vida
aconteceu,
aqui na minha casa,
com a tua visita,
,
nunca exageras,
és a essencia,
do conta peso e medida,
,
conchinhas coloridas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
ofarol
,
óh meu grande amigo, C. S.
,
Ai Nazaré
Deixa-me embalar o mar
Deixa-me embalar o mar,
,
uns andares mais acima,
tens um outro farol,
de uma simpática amiga,
,
saudações nazarenas,
daquele atleta, que nas voltas á
nazare, ficava atrás do ultimo...
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Isabel-F.
,
tambem não tenho visitado
oa amigo(a)s,
,
espero normalizar as visitas,
durante este fim de semana,
,
conchinhas saudosas, deixo
,
*

Angel of Light disse...

Lindo poetatués...

Sou... sou eu, a Angel of Light. Ando um pouquinho recolhida, mas não quis deixar de passar aqui e largar-te um ENORME beijinho de Amor, Paz e Luz!

Fica bem querido amigo!

poetaeusou . . . disse...

*
Angel of Light
,
anjo da luz,
dá-me,
,
a paz do amor,
o amor da luz
e
a luz da paz,
,
conchinhas etéreas,
,
*

lua prateada disse...

"Sou cais da espera"... lindo!

Sobrevoei nas asas do vento
Parei em teu cantinho
Deixando aqui cair
Todo o meu carinho.

Deixando também a paz
Que de mim emana
E te desejando
Um lindo fim de semana.

Beijinho prateado

SOL

gaivota disse...

perceves... adoro!!! agora sem o xilá não sei onde os vou comer, assim, bons, das pedras, do guilhim!
lá hei-de ver onde o carlos os vai vender...
o quique lololololololol
não querem o nosso paulinho?!?!?!?!
jinhossssssssssssssss

poetaeusou . . . disse...

*
lua prateada
,
em quadra quebrada,
e de forma audaz,
deixo um beijo de paz,
numa lua prateada,
,
conchinhas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
os perceves,
tão acamados este ano,
.
quem é o paulinho ?
é o da viola ???
,
pilipares
,

Perdido disse...

sou vida
... já não sou quimera

.
.
.

sou tudo no todo
sou pouco em ti

...

perdidamente

poetaeusou . . . disse...

*
Perdido
,
e o tudo.
sendo um todo,
é nada . . .
,

Chinha disse...

És tudo isto...E muito mais

Um poeta que canta a alma e a vida como ninguém...Que espraia laços de rima na vida de quem te lê...

Belissimo

bjinhos em conchinhas

poetaeusou . . . disse...

*
Chinha
,
palavras,
em frases inventadas,
cantando vida,
ao vento, espraiadas,
,
conchinhas de amizade, muitas,
,
*

Um Momento disse...

És ... mar que alimenta o sorrir de cada maré...
És ... brisa suave que emana ternuras em cada palavra sentida
És... um oceano de emoções...

(*)

poetaeusou . . . disse...

*
Um Momento
,
tanto mimo,
olha para o meu rubor,
,
conchinhas
,
*