março 19, 2008

>>>>>>>>>>>>>> eriçados ventos <<<<<<<<<


nas falésias
pardos penedos
esburacam olhares
entre opacas fragas,
conturbadas arribas
pelo vento eriçadas
enovelam as ondas
rompendo as maresias
nos espasmos nocturnos
poema e fotos: poetaeusou

34 comentários:

gaivota disse...

e uma menina linda no topo da falésia, coisa importante...
ondas envolventes das nortadas da maresia pela noite adentro...
que dia lindo para estas fotos!
xisssssssssssssssss

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá querido amigo Poeta, continuação de belas fotos... E o teu poema,
relembra-me um entardecer poético;

Na poesia do entardecer,
sob o olhar quente do Céu,
o mar vai tirando o seu véu,
vislumbrando o oculto do seu ser.

Morre o dia,renasce a a poesia,
acordada pela sonolência do Sol,
as rochas deslumbradas pela beleza daquele rol,
na melancolia de uma vontade tardia.

Perfumes desse mar feito poesia:
No voo da gaivota sobo sol pálido,
na cor avermelhada das suas rochas no monte cálido,
num universo de vida a cantar.

Cantar a beleza desse mar, baloiçando ao vento,
ante o rubi e a safira da paisagem,
no desejo de fazer a viagem
nas ondas da liberdade achada no tempo.

Amigo, o dia da noite,
o sonho da ilusão, a alma do coração... Coração com muito carinho e amizade por ti!
Fernandinha

Sinblanca disse...

Vostede cre que o catalán é unha merda? E o galego?

http://sinblancaporelmundo.wordpress.com/2008/03/16/el-catala-es-una-puta-merda/

multiolhares disse...

Eu julgo que as falésias são felizes
O sol as vêem beijar, o vento acariciar,
Ao entardecer da noite a lua é espelhada
Nas aguas profundas, agitadas ou não
Para as deliciar com o espectáculo
Entrega entre a lua e o mar.

Beijos nossos

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
nortadas á chuva,
em final de inverno,
,
xi
.
*

poetaeusou . . . disse...

*
fernanda & poemas
,
canta ao sol,
fernandinha,
em tardinha
avermelhada
deslumbrada
reza, ao céu reza
a beleza
na espargida rota
da gaivota
movimento
ao vento
buscando o farol
,
conchinhas
,
*

Sol da meia noite disse...

Gosto do vento!
Pergunto ao vento que passa...

Jinhos

poetaeusou . . . disse...

*
sinblanca
,
tiene calma . . . ???
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Sol da meia noite
,
e o vento passa "alegre"
e o vento grita "oposição"
,
conchinhas
,
*

poetaeusou . . . disse...

**
multiolhares
,
feliz
de quem vê,
nas rochas a felicidade,
ditoso,
de quem vê o vento,
afortunada sejas, luna,
em preencheres o espaço,
entre a lua e o mar,
entre ti,
o mar,
e as serenas águas dos olhares,
,
beijos nossos
,
*

Isabel-F. disse...

bem lindo ...

feliz dia do Pai


bjs

poetaeusou . . . disse...

*
*
isabel-f
,
embora obscurecido,
pelo teu novo visual,
,
simples galanteria,
,
feliz dia
,
conchinhas de respeito, deixo,
,
*

Helena disse...

Essa falésia é como aquela pessoa ao nosso lado, onde podemos nos encostar em todos os momentos..

Um dia de pai muito feliz Poeta !

um beijo

poetaeusou . . . disse...

*
Helena
,
falésia o ombro do mar,
segurado mar, não cativo,
em que os arrufos,
são beijos nas rochas,
com sabor a iodo,
com sabor a sal do nosso olhar,
,
conchinhas
,
*

gaivota disse...

nortadas tráz chuvaaaaaaaaaaaa
fim de inverno? onde?...
mas a semana da páscoa às vezes é assim...
jinhos na areiaaaaaaaaaaaaa

Maria P. disse...

Ventos a oeste...

Beijinhos*m*

São disse...

Pardos penedos enfeitam teus poemas de beleza.
Doce Páscoa, Nazareno!

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
um osso de estimação,
enganou-me ...
já o vou dar,
a um pittbull...
-rabiscasse assim ?-
,
xi
,

poetaeusou . . . disse...

*
Maria P.
,
a oeste/noroeste...
,
bji
h
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
São
,
mareada páscoa,
espraiada em nós,
,
conchinhas
,
*

Iana disse...

Voltei...
Está Rosa amiga, por motivo de saúde teve que se afastar do mundo virtual!

Peço desculpas por ter assim me ausentado, mas de volta agora estou em meu jardim encantado...

Espaço que foi criado, para junto de meus amigos(as) estar... voltarei a publicar!

Em vidas um novo capitulo também em breve irei deixar, e no meu jardim de poemas eu hei de postar..
quero caminhar lado a lado das vidas que alí passar e em meu jardim flores deixar...

Obrigada por nunca abandonar essa Rosa amiga...

Beijos amigos e carinhosos
atenciosamente
Iana!!!

poetaeusou . . . disse...

*
iana
,
fica mais enriquecida,
as estradas deste rede,
com a tua volta,
espero que a reabilitação
seja total,
,
conchinhas
,
*

Sininho disse...

Belas falésias essas.
A gaivotinha no alto que o diga...
Por esta altura devem estar as amigas dela todas em terra...

Abraço

Gerlane disse...

Melodioso este poema, assim como o barulhinho que fazem as ondas quando batem nas falésias.

Uma ótima Páscoa, farta de paz e sentimentos bons, pra ti e todos os teus!

Beijos!

poetaeusou . . . disse...

*
Sininho
,
está em postura . . .
camarária . . .
,
conchinhas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Gerlane
,
neste oceano unificador,
desejo uma páscoa,
recheado de "sal da vida",
,
conchinhas
,
*

Ana disse...

Poema e fotos em consonância.

Um boa Páscoa e um beijo para ti, Poeta.

poetaeusou . . . disse...

*
Ana
,
uma pascoa,
de poemas,
deixo-te
,
conchinhas
,
*

Acordomar disse...

mando nesta ventania para ti, mais a norte, um beijo neste dia do pai
;)**

poetaeusou . . . disse...

*
acordomar
,
lin(d)a
,
amendoas pascais
para ti e teu filho,
,
a mãe aos filhos
dá beijos,
mas o pai
sem os beijar,
dá-lhe mais beijos que ela,
,
de um fado
,
jokas nortistas
,
*

Acordomar disse...

se conheço... se conheço ....

amendoas para ti ;)

poetaeusou . . . disse...

*
Acordomar
,
de chocolate . . .
de preferencia,
,
jokas
,
*

Um Momento disse...

E é na noite que aqui passo
Esboço um sorriso
Para que na brisa nocturna
Até ti chegue:)))

(*)

poetaeusou . . . disse...

*
Um Momento
,
brisa nocturna,
em noite de mar,
esboço o passar,
de bruma diurna,
,
conchinhos
,
*