março 05, 2008

»»»»...................compreendi...................««««


compreendi
que as flores
não são a primavera
nem os amores a felicidade
compreendi
que as palavras enganam
estão gastas e vazias
e que os poemas
estão no teu olhar
compreendi
que não existe
nem passado nem presente
mas sei que o futuro
não se ausentará de nós
poema e fotos: poetaeusou

28 comentários:

Menina do Rio disse...

As flores pra mim aindasão a primavera, mas os amores não são felicidade e as palavras muitas vezes nos enganam. O passado é ido, o futuro não se sabe e o presente nos cabe.

Porque morar no Andes? Lá é muito frio; aquilo está a mais de 3 mil metros acima do nivel do mar e mal dá pra respirar. Só se fosse pra hibernar conectado com o mundo via satélite, rs...mas a solidão é uma faca de dois gumes e é gélida como o aço.

Um beijinho quente na tua alma

Maria disse...

Compreendi o que compreendeste, Poeta.
E estou de acordo contigo...

Um Momento disse...

Compreendi que paira no ar o sentimento que brota do coração quando a alma ama , o olhar fala , e as palavras precisas não são...
Compreendi que em cada estação germinam botoes de sentires querendo abrir-se puramente ás emoções guardadas e no futuro em presença de mãos dadas rumarem á felicidade...


Beijo de noite serena
(*)

multiolhares disse...

Quando se ama
A primavera está presente
Em todas as estações,
A felicidade é algo inqualificável,
O simples olhar
O simples tocar
São palavras decifráveis
Em livros de hieróglifos
Aos olhos do comum mortal,
E sabemos, sim…
Que o futuro a nós pertence

Beijos nossos
luna

Sol da meia noite disse...

Parece-me ter compreendido que estás bem, em paz, aceitando as coisas tal como são...

Beijinhos, amigo

poetaeusou . . . disse...

*
menina do rio
,
quero lá saber do frio,
vejo-me em Huscarán,
e partir de aguascalientes
a caminho do pico de Alpamayo,
o pico nevado,
o mais belo do planeta,
e não esquecendo Machu Picchu,
,
com o meu satélite,
ouvindo musica Inca,
e amaldiçoando o capitão cortez,
que de espanha, só garcia lorca
cervantes e picasso,
lembrando os incas, não esqueço,
os maias e asztecas,
,
conchinhas
,
*

gaivota disse...

compreender tudo isso é dar a mao â vida...
a primavera estará sempre presente
eas flores estao dentro de nós, mesmo com -10º e os miolos a congelarem...
palavras vazias e gastas já soa inúteis, deixam de fazer sentido!
pililipares fresquinhosssssssssss

Paula Raposo disse...

Mais um bonito poema Zé!! Gostei. Beijinhos.

poetaeusou . . . disse...

*
maria
,
ainda bem,
que não estou sózinho
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Um Momento
,
a compreensão
tem muitas vertentes,
e os estados de alma
têm nela muita influência,
uma flor, um jardim a primavera,
poéticamente é o que quisermos,
,
conchinhas, amiga
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
multiolhares
,
a primavera
o renascimento de nós
a simplicidade do belo
o futuro esperançoso,
,
beijos nossos
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Sol da meia noite
,
a procura da paz é infinita,
tudo tem que ser conquistado,
cimentado e ... beneficiado,
,
conchinhas de carinho,
te deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
a primavera
é a rainha das flores,
lálálálálá
,
maresias
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Paula Raposo,
,
paulinha
,
acredito,
,
jinos "murais"
,
*

GarçaReal disse...

As flores podem não ser a primavera mas inspiram a beleza e entregues em momentos de amor refletem os poemas escritos num olhar.

Lindo

bjgrande do lago

Acordomar disse...

Ola poeta
... nem toda a gente tem o dom da compreensão.

uma beijoca*

rosa dourada/ondina azul disse...

Olhas as flores...e compreendes...é tudo :)))



Beijinho,

Teresa Durães disse...

que lindo poema. não, ne as flores são primavera nem o amor a completa felicidade. diria que devias compreender que não existem nem futuro mas apenas momentos feitos de flash. Mas não detenho a verdade comigo

poetaeusou . . . disse...

*
garçareal
,
entrego o meu olhar
escrito numa flor
inspirado no amor
a reflectida beleza
da primavera, a grandeza
que um poema pode inspirar
,
conchinhas, para o lago
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
acordomar
,
a quem o dizes, lin(d)a,
,
jokas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
rosa dourada/ondina azul
,
Os amores na mente,
as flores no chão
A certeza na frente, a
história na mão
Caminhando e cantando e
seguindo a canção
Aprendendo e ensinando
uma nova lição
,
in-geraldo vandré
,
jinos
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
teresa durães
,
palavras dos saberes, as tuas,
,
mas . . . peço-te,
deixa-me sonhar . . .
,
conchinhas de amizade
,
*

MEU DOCE AMOR disse...

Deixo flores colhidas no passado,preservadas no presente e guardadas no coração do futuro.

Deixo palavras,não feitas poemas...

E levo o teu olhar
Que junto com o meu
Numa dança vão brilhar

Um beijo doce

poetaeusou . . . disse...

*
MEU DOCE AMOR
,
preservado olhar
palavras dançantes
flores de poemas
no futuro guardados
dos presentes passados
,
conchinhas
,
*

Rosi Gouvea disse...

Adorei seu Blog!

Creio no riso e nas lágrimas como antídotos contra o ódio e o terror.

Charles Chaplin

Carol disse...

Eu também compreendi isso um dia. Que pena que haja tanta gente sem o compreender!

poetaeusou . . . disse...

*
Rosi Gouvea
,
A beleza existe em tudo - tanto no bem como no mal. Mas somente os artistas e poetas sabem encontrá-la
,
in-charles chaplin
,
conchinhas de gratidão
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Carol
,
sábia perspicácia,
,
conchinhas
,
*