janeiro 19, 2008

>>>> o meu regresso, mar !!! <<<<


subi ao telhado do desespero
devido á exaltação que tu mereces
gritei pelas lembranças desprezadas
nos infames pensamentos transportados
implorando o perdão, o meu regresso, mar !!!
poema e fotos: poetaeusou…

20 comentários:

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá Querido Amigo Poeta, Simplesmente expectcular!!!!!!!!!!!!
Bom fim de semana.
Beijinhos de carinho e amizade.
Fernandinha

Sant'Ana disse...

Para ti que és mar, o homem não estaría completo sem ele e nem as palavras faríam sentido.
Esse é o grito.

Beijo

Helena disse...

estas perdoado..

linda foto a de baixo, até me vi "quase" la..

Beijinhos

gaivota disse...

que lindo!
espetacular!
e o desespero tem telhado, sim senhor!
ás vezes é tão alto, tão alto, que se torna difícil alcançá-lo,
enquanto fores subindo, a coisa vai bem...
o perdão, sabes bem, já o alcançaste, de contrário,não estarias aqui, no teu espaço, a dizer e mostrares e a louvares a praia de todos e amada por alguns...(felizmente!)
beijos e fica bem!
o regresso... tá na tua mão...
ele espera-te...

Sol da meia noite disse...

Poeta... que estado d'alma o teu!
Adorei ler.

Beijinhos mil

multiolhares disse...

O teu mar sempre te perdoará
Pois como tu, ele também te ama,
E as lembranças de pensamentos
São levados pelas vagas do mar

Beijos nossos
luna

poetaeusou . . . disse...

*
Fernando & poemas
,
olá fernandinha ,
,
tenho andado distante,
das tuas casinhas,
,
jinos em iodo
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
sant’ana
,
e gritarei, amiga,
,
búzios sonantes, para ti,
.
*

poetaeusou . . . disse...

*
helena
,
é do “tal cantinho” das sereias,
,
as rochas estão muito areadas,
tira a beleza natural,
embora seja sempre bela,
,
pilipares de gaivotas, deixo-te
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
a praia de todos e
amada por alguns . . .
,
nunca li, assim a nazaré,
,
definiste muito bem,
obrigada, amiga
,
pedrinhas de iodo
deste imenso mar, para ti,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
sol da meia noite
,
a mutação do mar
é o meu estado de alma
,
ofereço-te, esverdeadas algas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
multiolhares
,
luna
,
Tenho fases, como a lua
Fases de andar escondida,
fases de vir para a rua...
Perdição da minha vida!
Tenho fases de ser tua,
tenho outras de ser sozinha,
,
cecilia meireles
,
beijos daqui
,
*

Alice Matos disse...

As tuas palavras e um passeio até ao Porto de Abrigo...

Tenho urgência em voltar...

Subir ao sítio... tomar o pequeno almoço no Gordo... e deambular o resto do dia...

Beijo...

Maria disse...

Excelente oração... ao mar....

Inté

manuela disse...

Uma intensa analogia do mar e do sentimento...as imagens ilustram sabiamente as palavras...o mar revolto que apela à calma...beijos.

poetaeusou . . . disse...

*
Alice Matos
,
volta, amiga,
hoje a nazaré está linda,
nota-se ao mar, um leve poalho,
que "dará", um optimo pôr-do-sol.
,
jinos de pré-primavera
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Maria,
,
amen . . .
,
Inté
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
manuela
,
beleza revolta,
do transmutado mar,
sabiamente descrito por ti,
,
jinos em conchinhas coloridas,
,
*

Um Momento disse...

Em lembranças se gritam no silêncio
As saudades de quem um dia partiu
No regresso se grita na alegria
No abraçado sentimento que ali se sentiu:)

Beijo de noite linda

(*)

poetaeusou . . . disse...

*
um momento
,
abraçada alegria,
nas saudades das lembranças,
,
mareantes ginos
,
*