janeiro 11, 2008

>>>>>>>>> alberga-me <<<<<<<<<


alberga-me
nos teus braços
porto amigo,
dá-me o colo
que a minha solidão
me reclama,
mima-me
meu cais de chegada,
não mereço
as incertezas das partidas,
poema e fotos: poetaeusou …

30 comentários:

multiolhares disse...

As partidas, são suaves
Quando sabemos que há sempre
Um regresso

Beijos nossos
luna

gaivota disse...

as partidas...
é só mais um dia
(porque o meu colo é delas...)
e o regresso
é já amanhã
(porque a solidão reclama...)
meu porto, meu abrigo
meu sul
lá ao norte, onde já nada acontece
raios de sol, envergonhados
num xi

rosa dourada/ondina azul disse...

Que poema cheio de doçura, em véspera de fim-de-semana,


Beijinho,

Rosa Maria disse...

Poeta

Bela homenagem a esse porto de abrigo.

Hoje o tempo voltou a estar contra mim e mais uma vez ficou adiada a minha ida até aí :(

Queria aproveitar a sexta-feira para visitar a feira...

Beijinhos

Isabel-F. disse...

gostei imenso.


bom fim de semana

bjs

poetaeusou . . . disse...

*
multiolhares
,
luna
,
eu chamo de,
ausências presênciais,
em que as partidas,
são meros intervalos
,
beijos daqui
*

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
e o norte mergulhou no sul,
e ao vento se fundiram,
com o calor do mar,
*
xi
*

poetaeusou . . . disse...

*
rosa dourada/ondina azul
,
doçura de comentário !!!
,
buzios sonantes,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Rosa Maria
,
o sol está a romper as nuvens,
dando outra cor ao dia,
,
conchinhas
*

Helena disse...

Quém me dera uma partida....até a Nazaré...
Hoje é outra partida...até a cidade da Luz e do Amor...Paris..
Tuas fotos me deixam tanta saudade..

Beijinhos

poetaeusou . . . disse...

*
Isabel-F.
,
grato
bom fim de semana,
,
xi
*

poetaeusou . . . disse...

*
helena
,
Aux Champs-Elysées, aux Champs-Elysées
Au soleil, sous la pluie, à midi ou à minuit
Il y a tout ce que vous voulez aux Champs-Elysées
,
o rio sena de jinos
*

Sol da meia noite disse...

Ninguém merece incertezas... mas elas vivem em nós.

Beijinhos

Maria Luar disse...

Partidas são dissabores
Que quem ama não merece
Aguarda amigo as cores
De outro dia que amanhece

Há palavras que são bocas
Que soltam sequiosos beijos
Há partidas que são loucas
E endoidecem os desejos

xi
*
abracinho

*
mel
*
carinho meu

Maria disse...

As partidas terão sempre chegadas....
As incertezas das partidas são apenas incertezas.... de eventuais chegadas.
Não devemos sofrer por antecipação, Poeta....

Inté

poetaeusou . . . disse...

*
o sol da meia noite
,
a incerteza dos acontecimentos
é sempre mais difícil de suportar
do que o acontecimento,
,
in-massillon
,
conchinhas
*

poetaeusou . . . disse...

*
maria luar
*
as chegadas
das partidas
endoidecem
as palavras,
,
xi
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
maria
,
eventualmente . . .
,
inté
*

MEU DOCE AMOR disse...

Albergo-te das tempestades que te assolam.

Um beijo doce

Sininho disse...

Feliz de quem tem sempre um porto de abrigo.

Abraço e bom fim de semana

poetaeusou . . . disse...

*
meu doce amor
,
é bom contar
com um porto seguro
,
jino
*

poetaeusou . . . disse...

*
sininho
*
muitas das vezes
as barras negam . . .
,
devido á ondulação da vida . . .
ao revoltoso mar,
ás vagas alterosas
que existem em nós . . .
,
pilipares
ecoados na falésia,
para ti,
,
*

Maçã com Canela disse...

Revi-me... completamente...

jinhos da menino do mar

Ana disse...

Varanda aberta para o azul,
onde só eu me encosto,
na exacta solidão dos dias,
reclamo uns braços que me abriguem,
mas só as incertezas da vida me respondem.

Um beijo para ti.

Um Momento disse...

Albergue em águas pelo mar abraçadas
Colo afagado pelas ondas na maresia onduladas
Chegando na certeza de ficar, sorrir ...
e afagar em mimos quem nos quer aconchegar no seu regaço ...
á solidão , num adeus ... acenar

Deixo um beijo enorme de um Lindo fim de semana

(*)

poetaeusou . . . disse...

*
maçã com canela
,
mar, mar e mar,
,
um mar de jinos
*

poetaeusou . . . disse...

*
ana
,
infinito azul,
meta dos nossos sonhos,
que reclamam sabedoria . . .
ana,
a vida é a mãe das incertezas …
toda a certeza é passado …
,
um mar de jinos
*

poetaeusou . . . disse...

*
um momento
,
maresias de sorrisos,
em maré de mimos,
,
vagas de jinos,
te deixo
,
*

sagitario disse...

olá poeta,

qualquer pessoa a morar junto desse mar e com paisagens tão belas se inspira a fazer poesia,

Mas só quem nasceu para ser poeta consegue fazê-lo, a poesia é um estado de alma e felizes dos que o sabem transmitir

poetaeusou . . . disse...

*
sagitario
,
concordo contigo,
,
conchinhas
,
*