novembro 12, 2007

» meu vendaval . . . o teu pensar «


em ti reside
a cor do vento
quando tu olhas
quando tu pensas
trazes um jardim
nos pensares teus
jasmins de gestos
sorrisos em lírios
cálidas papoilas
rosas sem espinhos
poema e fotos: poetaeusou

61 comentários:

Rosa Maria disse...

Poeta

Mais dois maravilhosos instantes.

Só um poeta tem a sensibilidade que tu tens na objectiva da máquina.

uma papoila e um beijo!

Sol da meia noite disse...

Que lindo, Poeta!

Fotos, palavras... parece-me a plenitude do amor...

Tudo de bom!
Muitos beijinhos!!!

Papoila disse...

Em ti reside a calma e o carinho com que sempre nos brindas...

Adoro os "cravos túnicos"

Beijinhos
BF

poetaeusou . . . disse...

*
rosa maria
*
os teus
floridos pensares
,
neste comentário
,
um jardim de ondas,
para ti
*

poetaeusou . . . disse...

*
sol da meia noite
*
o amor é,
olhares,
letras,
palavras,
poemas,
a natureza,
o belo,
o sublime
,
nos, o outro, eles,
,
maés floridas, deixo
*

poetaeusou . . . disse...

*
Papoila
,
em ti reside
a minha gratidão,
,
não esquecerei de te ofertar,
um cravo tunico, no começo
da próxima primavera,
,
cravos incolores, te deixo
*

gaivota disse...

mais dois poemas a "condezer", fico a pensar onde estão esses patos???, pois, não sei...
flores e flores daquelas que nascem ao acaso
e continua o verão e eu aqui
e vai para ti, um buquet de narcisos

helena disse...

Lindo, Poeta !
que dizer demais ?

um beijinho e continua a nos dar tanto prazer em ler te e em admirar fotos assim..

Adoro o tango

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
*
além de alguns que
andam por aí ...
estes estão na zona
de santa cruz,
,
praia do dinheiro ???????
,
um ramo de violáceas,
para ti
minhas preferidas,
*

poetaeusou . . . disse...

*
helena
*
pudera eu plagiar
carlos gardel,
e voaria nas,
asas de uma gaivota,
*
violetas imperiais,
para ti,
,
sarita montiel e
luis mariano,
*

Paula Raposo disse...

Um belo título, umas fotografias, qual delas a mais bonita...e o poema cheio de sentires. Gostei de tudo.

poetaeusou . . . disse...

*
aula raposo
,
paulinha
,
tens muito bom gosto,
sou muito modesto . . .
*
jino
*

Pitanga disse...

Olha, hoje mais que nunca eu mereço ficar aqui a apreciar tamanha calma. O mar, os patinhos em desfile. Obrigada pela ajuda.

abraços

poetaeusou . . . disse...

*
Pitanga
*
acalma-te,
sorve o mar,
se quiseres desfilar,
segue os patos ... bravos ...
,
xi
*

Pitanga disse...

Ó caramba, os patos são bravos? Não vou.

poetaeusou . . . disse...

*
Pitanga
*
Ó caramba, os patos são bravos?
Não vou,
não são estes,
são os outros, os tais,
*
xi
*

GarçaReal disse...

E qual a cor do vento?

Assim não olho...Nem penso.
Procuro as rosas...


bjgrande

poetaeusou . . . disse...

*
GarçaReal
*
e qual a cor do vento?
,
o arco-iris do teu lago,
será ?
,
gosto de qualquer flor,
que tenham cores, violáceas
,
ginos em flor
*

Sophiamar disse...

Além do poema, lindo,intimista, as fotografias completam na perfeição a cor do amor.
Beijinhos

poetaeusou . . . disse...

*
Sophiamar
*
marafada,
desta vez não concordo,
,
do meu amigo, martinho da villa,
,
O amor não tem cor
O amor não tem idade
O amor não vê cara nem religião
Não faz diferença do rico e do pobre
O amor só precisa de um coração
*
um beijo em,
começo de por-do-sol,
numa calma tarde
*

Fernanda e Poemas disse...

Poeta amigo, duas belas fotos,
Lindas!!!

Meu querido!
Um olhar,
um sorriso,
uma gota de amizade,
são tudo quanto preciso,para sentir felicidade.

Muitos beijinhos com carinho,
Fernandinha

GarçaReal disse...

Será?

Às vezes as cores estão esmaecidas...

Ventos as levaram

bjgrande

gaivota disse...

obrigada pelas violáceas, ficam-me bem!
por isso não reconheci os patos, é que daí conheço alguns... de santa cruz, praia de ricos, tá bem,
e há o arroz com pato e o pato com arroz
bom resto de dia e bom jantar
acredito que deve estar um pôr do sol, de seda!!!

Um Momento disse...

Patos, patinhos
Flores , florzinhas
Mar de encanto
Olhar de carinho
Patinhos em fila
Mas dois na ternura
Olhando-se um ao outro
Mirando-se ,sorrindo-se...

Quão belas abraçadas nas palavras,
imagens, tu nos ofertas assim...
Beijo sorrido em ternura
(*)

Rosa Maria disse...

Para poderes acomoanhar essa musica nada melhor que a letra da canção.

LA VIOLETERA

Como aves precursoras
De primavera
En Madrid aparecen las violeteras
Que pregonando parecen golondrinas
Que van piando,que van piando

Llévelo usted señorito
Que no vale más que un real
Cómpreme usted este ramito
Cómpreme usted este ramito
Pá lucirlo en el ojal

Son sus ojos alegres
Su face risueña
Lo que se dice un tipo
De madrileña
Me doy castigo
Que sin entornar los ojos
Te cauteriza
Te cauteriza
:)
muitas violetas

multiolhares disse...

O amor é assim
Um florido jardim
Onde a lua
Todos os dias
Se reflecte no seu
Rio, mar, amor

Beijos nossos
Luna

poetaeusou . . . disse...

*
fernanda poemas
,
querida amiga
,
a felicidade é um pequeno átomo,
de um todo, que é a vida,
,
vamos perseverá-lo,
,
jinos em flor
*

poetaeusou . . . disse...

*
garçareal
,
são as cores outonais, normais,
,
os ventos levam e trazem,
os próximos serão coloridos,
acredita,
*
jinos ventosos
*

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
és de seda, não abrolhos …
,
“o jantar é tudo garoupa,”
*
jinos
*

poetaeusou . . . disse...

*
um momento
,
amiguinha
,
quá, quá, quá . . .
,
quáquás de jinos
*

poetaeusou . . . disse...

*
Rosa Maria
*
escolhi a musica,
a pensar na sarita montiel,
mas,
ao ler em castelhano,
recordo que lola flores
tambem a cantou,
,
um lirio violáceo para tí
*

poetaeusou . . . disse...

*
multiolhares
*
luna
,
florido mar
jardim de marés
lua, amor
flor, folha,
refulgentes pétalas
edificado canteiro,
verdadeiro,
,
beijos daqui
*

Maria disse...

Excelentes fotos, enorme paixão, a tua....

Inté

A COR DO MAR disse...

brancos e pretos todos juntinhos, gostei de ver.

as flores são aquelas muito agradaveis à vista, mas o cheiro.. aiai

mas estao lindas

Beijoca*

Gi disse...

Deixas aqui o jardim do amor :)
mas por acaso existirão rosas sem espinhos? Não me parece ...

Imagens fantasticas como sempre

Um beijinho

(tens um desafio no meu canto)

poetaeusou . . . disse...

*
Maria
*
paixão, paixão . . .
,
Inté

*

poetaeusou . . . disse...

*
A COR DO MAR
*
lin(d)a
*
patos multicores
,
perfume elitista . . .
*
jokas
*

poetaeusou . . . disse...

*
Gi
*
quando se gosta das rosas,
pensamos nas petalas,
esquecemos os espinhos,
mesmo que por eles, picados,
,
já fui ás tuas várias casinhas
*
um florido jino,
*

rosa dourada/ondina azul disse...

O blog dos mares:

Mar de mar
Mar de flores
Mar de patos
Mar de poesia.

Boa semana,
Beijinho,

MEU DOCE AMOR disse...

Que frescura ao olhar as fotos.

Qual a cor do vento?Qual poeta?
Depende de quem olha para o vento não é?

As cores do arco irís...é isso!O vento tem essas cores!

Um beijo doce querido Poeta do Mar

poetaeusou . . . disse...

*
rosa dourada/ondina azul
*
Mar de amizade
Mar de ternura
Mar de brandura
Mar de humanidade
*
Boa semana,
,
jinho
*

poetaeusou . . . disse...

*
meu doce amor
*
o vento é de cor incerta,
cor vaga, como as vagas do mar,
a cor do vento tacteia-nos,
toca-nos os cabelos
beija-nos a pele
sussurra-nos aos ouvidos
a cor do vento bate-nos á janela,
,
não é augusto gil,
,
Batem leve, levemente,
como quem chamam por mim.
Será chuva? Será gente?
*
não . . . é a cor do vento
*
um beijo da cor do vento
*

gasolina disse...

Agrupamentos de beleza: aves, flores e palavras.

BEI/de MARÉ

poetaeusou . . . disse...

*
gasolina
,
e a tua visita,
minha alegria,
,
jinos ao vento
*

Alice Matos disse...

Lindo!
Aqui deixo o meu carinho e a minha admiração pela tua sensibilidade no olhar e no escrever...

Beijos...

Ana Ramon disse...

Ó poeta amigo... mas isso por acaso são patos bravos?
Faço uma apostinha em como são gansos!
E que lindos eles estão assim no seu grupo familiar.
Um beijinho grande

Carminda Pinho disse...

Poeta,
e quantos vendavais...dentro de nós.

Beijinhos

PoesiaMGD disse...

Simplesmente delicioso o texto e as fotos!
um abraço

poetaeusou . . . disse...

*
Alice Matos
,
que mimo imerecido me dás,
,
jinos em conchas
*

poetaeusou . . . disse...

*
Ana Ramon
*
amiga,
quem sou eu,
perante a tua sapiência
,
rendo-me á tua erudição
pedindo tolerância,
por não ser um bom aluno,
pese embora a assiduidade com
que visito –a paixão dos sentidos –
,
ventosos jinos de amizade,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Carminda Pinho
,
imensos
,
recordei,
o monte dos vendavais,
de emily bronte,
uma bela história de amor,
vou reler, esta semana,
,
jinos coloridos
*

poetaeusou . . . disse...

*
PoesiaMGD
*
grato,
pela tua bondade
,
xi
*

gaivota disse...

garota ao jantar?
ah, li mal, garoupa......
k bom, cozida, grelhada,
hummmmmmmmm peixinho bom da amélia c.
bom apetite, boa noite e boas inspirições
xau

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
*
bom peixe o da amélia c,
-sofreu a perda do seu M.-
é a ingrata vida, esta ...
*
xau
*

gaivota disse...

pois foi, há coisa de mês e meio...
agora resta a mãe e o filho...
é ingrata a vida, e de k maneira!
haja peixe com fartura para a gente, que o resto não corre mal,
toma lá uma sardinha da cor da prata

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
*
é a vida,
,
ji
*

Bia disse...

adorei o tema...
nunca li ninguém a descrever um vendaval desta forma tão linda ;)
tu amas esse vendaval...
antes um vendaval que um ventinho... os ventinhos nem sempre são suaves e incomodam pr'a caraças... ;)

poetaeusou . . . disse...

*
bia
*
gostei do teu comentário
*
antes dos vendavais
,
devemos sorver,
as doces brisas
as suaves brumas
as inibriantes maresias
,
jino
*

Luadosul disse...

què bonito!

Beijinho.

poetaeusou . . . disse...

*
Luadosul
*
gracias
*
um jino
*

Cândida disse...

eu só sei fazer imitações de haikus :)