setembro 20, 2007

»»»»»»»»» s a l p i c o s «««««««««


ilusões suplicadas
de olhares obscuros
salpicando amares
em vibrantes encontros
secretos tremores
de buscados murmúrios
no desassossego espalhados
poema e fotos: poetaeusou

30 comentários:

Sininho disse...

...e a tempestade que n�o tarda...

Abra�o

Sophiamar disse...

Imagens lindíssimas que só pecam por não estarem indicados os locais que tão sublimes fotografias possibilitam. Cabe ao fotógrafo o mérito de tão bem as captar.Verdadeiro artista. Extrema sensibilidade. É o amor!Amar e ser amado.

Beijinhos para quem com olhares ternos nos mostra o mar e o verde que o envolve.

poetaeusou . . . disse...

*
sininho
*
é ...
o outono vai começar,
preludio invernal,
*
xi
*

poetaeusou . . . disse...

*
sophiamar
*
que não te falte nada.
,
captações instantadas,
em,
melgaço, monção, valença e caminha,
por aí ...
*
jinos minhotos
*

multiolhares disse...

Murmúrios espalhados
Salpicado de temores
Secretos desassossegos
Em vibrantes olhares

Beijos nossos
luna

poetaeusou . . . disse...

*
multiolhares
*
LUNA
*
olhares espalhados
de luz salpicado
,
Beijos daqui
*

Sophiamar disse...

Salpico aqui, salpico ali, dispara acolá e eis que nos ofereces excelentes fotografias. Olha, continua que quem assim fotografa é artista.

beijinhossssss

poetaeusou . . . disse...

*
Sophiamar
*
estou salpicado,
com os teus
beijinhossssss . . .
*
jino
*

astrid disse...

"salpicando amares"
O mar é que salpica, nos salpica!
desta vez, foram os teus amores a fazer o caminho.
Até sempre poeta

poetaeusou . . . disse...

*
astrid
*
até . . . já,
,
salpicos de iodo
*

Maria disse...

Eu já tenho dificuldade em dizer do que mais gosto, aqui: se das fotos ou das palavras....
Neste post as duas estão excelentes...

Inté

*©õllyß®y disse...

Salpicos de ilusões dos amores, vividos por ai...

Doce beijo

SílviA disse...

que belos retratos escritos...que lufada de ar fresco...

Beijinhos

poetaeusou . . . disse...

*
Maria
*
fotopalavra,
,
inté
*

poetaeusou . . . disse...

*
*©õllyß®y
*
ou … não vividos …
*
marés de jinos
*

poetaeusou . . . disse...

*
sílvia
*
que poemado comentário,
*
bjinos
*

multiolhares disse...

*
buscados salpicos
*
beijos nossos
luna
*

sonhadora disse...

visto esses olhares cúmplices, parto contigo à aventura, amo-te ao luar.
Beijinhos embrulhados em abraços

poetaeusou . . . disse...

*
luna
*
beijos daqui
*

poetaeusou . . . disse...

*
sonhadora
*
aventuras cumplices . . .
*
jinos
*

MEU DOCE AMOR disse...

Foi neste local que vi o olhar da vida.

Um beijo doce Lindo Poeta do Mar:)

poetaeusou . . . disse...

*
meu doce amor
*
notei doce vita,
em magia de fogo,
*
bjinos
*

Teresa Durães disse...

(ali amava-se?... eheheh escondidinho...claro!)

beijos

Rui Caetano disse...

Os murmúrios do tempo desassossegado são as inquietações mais profundas que encontramos na vida. Linda fotos, fram iradas de um modo muito artístico.

poetaeusou . . . disse...

*
Teresa Durães
*
teresinha
,
esplendor na relva,
ihihihi
*
jinos
*

poetaeusou . . . disse...

*
Rui Caetano
*
grato
e
sempre ...
desassossegar
o sossego instalado,
,
bons ventos para a
perola do atlantico
*

Papoila disse...

Muito bonito Poeta...Já andei passeando nestas muralhas (parecem as muralhas de Valença do Minho as da 1ª foto) avistando Tui na outra margem....

Lindas
BF

poetaeusou . . . disse...

*
papoila
*
em cheio . . .
as duas fotos,
pertencem ao
fortim de valença,
*
bjinos
*

Eärwen Tulcakelumë disse...

Me esqueci das palavras, viajei nas fotos...que me levaram a um tempo distante...fui...não quero voltar.
As asas desta "phoenix" se fecham em ti com um abraço agradecido pela viagem.

Pérolas incandescentes de sonhos.

Eärwen

Eärwen Tulcakelumë disse...

Volto para pedir-te um presente...
as fotos...se puderes.

Pérolas incandescentes de luz!

Eärwen


earwentulcakelume@gmail.com