setembro 05, 2007

>>>>>>>>>>>>>> d u n a s <<<<<<<<<<<<<<


os meus olhares
trilham as dunas
escunas
do meu navegar
estranha faixa
entre o arável e o sal
praia
dos brumosos amores
pelo sol temperados
amados
ao som da gaivota
onde farol te chamo
e clamo
meu amor, minha rota
poema e fotos: poetaeusou

22 comentários:

Sophiamar disse...

Mais um hino ao amor numa rota de paixão e encantamento.
O mar, as dunas, o amor...
Sê feliz, poeta da paixão!
Beijinhos

Kalinka disse...

OLÁ POETA
Parabéns pelo lindo poema: Dunas.
Essa vai ser uma palavra escolhida por mim, na letra D.

Estou muito feliz pela ideia que tive de escrever o Alfabeto da minha Vida. Tenho recebido imensas manifestações de carinho (letra C) e elogios sobre a ideia que tive. São estes miminhos que me deixam motivada para continuar e agradar a todos vós. Ao mesmo tempo, descubro algumas coisas em comum, com pessoas que me visitam. Até ao momento, alguém que vive na COSTA DA CAPARICA achou o máximo ter encontrado uma referência ao lugar onde sempre viveu; depois há as pessoas que são do mesmo signo que eu: CARNEIRO. Um Amigo referiu COLÓNIA pois também esteve lá o ano passado.
BOM, bom foi as pessoas que se identificaram com o COLÉGIO onde estudei, e elas ou alguém das suas famílias também frequentaram o mesmo Colégio, na cidade da Beira.
CEGONHAS - CHUVA – BEIJO – BEIRA - BARBECUE – BÚZIO – ÁFRICA - ARRÁBIDA foram até hoje as palavras mais referidas e comuns de quem me visitou. Outro momento alto foi, na letra A - ANDRÉ – o meu neto, completou o seu 1º ano de Vida.

Beijitos, meu Amigo.

poetaeusou . . . disse...

*
sophiamar
*
o encantamento
de poetar o mar
as dunas cantar
am hinos ao pensamento
,
mil jinos
*

poetaeusou . . . disse...

*
kalinka
*
as que gosto
*
amizade
beleza
canção
dádiva
esperança
felicidade
gratidão
harmonia
igualdade
justiça
liberdade
mãe
nação
onda
paz
qualidade
respeito
saude
tenacidade
união
vida
xadrez
zumbido
*
jino
*

Maria disse...

Onde farol lhe chamas.........
É bom saber-te assim, percorrendo o caminho do amor, sempre....

Inté

poetaeusou . . . disse...

*
maria
*
clamo ...
*
inté,
*

Sininho disse...

Plagiando o outro: agarra o Setembro, poeta, agarra o Setembro...

multiolhares disse...

O farol vai estar presente,
sempre, para te ouvir chamar...
e dizer que teu rumo vai para sempre iluminar
Ao som da gaivota
beijos nossos

Maria P. disse...

Dunas ao entardecer, um sonho.

Beijinho*m*

poetaeusou . . . disse...

*
sininho
*
é já a seguir,
é que é já a seguir ...
*
xi
*

poetaeusou . . . disse...

*
multiolhares
*
luna
*
pelo pililipar da gaivota
rumarei ao teu farol,
*
beijos daqui
*

poetaeusou . . . disse...

*
maria p.
*
sonhando
nas
dunas
*
ji
h
*

Entre linhas... disse...

Uma paisagem que me é muito familiar.
Bjs Zita

poetaeusou . . . disse...

*
entre linhas
*
zita
*
as dunas, na nossa costa,
são um:
Espaço de Genera(lista)lidades
,
jinos
*

aryana disse...

As dunas da minha adolescência, que foram cúmplices de tantos sonhos e promessas....onde estão?
Tal como os sonhos e as promessas foram levadas pelo vento.
Romantismo
Um abraço

GarçaReal disse...

Em noite quente(tu o dizes)ao som de tua Gaivota, minha Garça te chama...Te clama...Em teu amor...Tua rota....

bjgrande e Real

poetaeusou . . . disse...

*
aryana
*
deverias lembrar o provérbio
> promessas leva -as o vento <
como o dizes, na verdade,
mas na altura…
,
aliás aconteceu comigo também …
*
um xi
*

poetaeusou . . . disse...

*
garça real
*
pudera eu
coordenar o meu golpe de asa
e no teu lago, eu mergulhava,
,
desditoso sou
sem rumo, nem rota …
*
lagaceiros jinos
*

Era uma vez um Girassol disse...

Poeta, não é que vou mesmo?
Dunas e mar, palmeiras, maçaroca assada, caju, camarão, por do sol, verão.
Já estou a fazer as malas...
Vale a pena sonhar, se vale!
Beijinho

poetaeusou . . . disse...

*
Era uma vez um Girassol
*
grande flor
*
e . . .
sonhar
é
facéééél …
*
pililipares de gaivotas
*

Eärwen Tulcakelumë disse...

Vim beber tuas palavras, apreciar tuas fotos...que bem fazem a alma.
Tuas estadas em meu mundo sempre são pura alegria.

Pérolas incandescentes de carinho.

Eärwen

poetaeusou . . . disse...

*
Eärwen
*
similares
os
nossos sentimentos
*
vagas de buzios
para ti,
*