julho 23, 2007

»»»» non sense, o ovo ou gaivota ««««


inebriante espera
dos instantes passados
conjunturas futuras
do tempo já vivido
vindoura nostalgia
que arrebata êxtases
nunca por mim vividos
e que eu recordo de ti
poema e fotos: poetaeusou

52 comentários:

Isamar disse...

Nonsense! A magia do nascimento, o acto de amor subjacente, serão sempre momentos mágicos. De êxtase, de alegria incontida...
Belo poema! Excelentes imagens!
Beijinhos

Luna disse...

Na dualidade do vivido e por viver, vamos desbravado os caminhos presentes

Beijos nossos

poetaeusou . . . disse...

*
Sophiamar
*
a magia do misterioso
no principio era o verbo ...
será ?
*
maré de beijos
*

poetaeusou . . . disse...

*
luna
*
a espera do passado
a vivencia do futuro
a nobre passadeira,
dos escolhos
,
a vida em suma
,
acalentados beijos daqui
*

wind disse...

Muito bom este poema.
Em poucas palavras uma quantidade de sentimentos.
beijos

Espaços abertos.. disse...

É lindo o ciclo da vida e tudo o que a Mãe Natureza nos proporciona,tal como os sentimentos revelados no teu poema.
Bom inínicio de semana
Bjs Zita

MEU DOCE AMOR disse...

...para crer ou querer?

Beijocas:))

MEU DOCE AMOR disse...

Recorda então
E sente com emoção
O que te vai no coração

..."arrebata êxtases nunca por mim vividos"...viveste e recordas-te!

Beijinho doce assim e assim...

poetaeusou . . . disse...

*
wind
*
isabel grato
*
bjinho
*

poetaeusou . . . disse...

*
entre linhas
*
mãe natureza
mãe da vida
*
ji
*

poetaeusou . . . disse...

*
meu doce amor
*

acreditar ...

*
jino
*

poetaeusou . . . disse...

*
meu doce amor
*
assim vivi ...
assim recordo ...
,
vagas de beijos
*

MEU DOCE AMOR disse...

Se acreditares é porque queres e se queres acreditas,não?

Portanto crer e querer,não?Simbiose?

Beijinhos doces para o meu Poeta

poetaeusou . . . disse...

*
meu doce amor
*
simbiose, igual a concubinato ...
amancebimento ...
*
beijo respeitador
*

Teresa Durães disse...

na dualidade,a existência.

sempre!

Pitanga Doce disse...

Quando vires uma gaivota, lembra de uma árvore esquisita que gostava de voar.

MEU DOCE AMOR disse...

:))

Era uma vez um Girassol disse...

Salpicos de mar, entre ocasos e gritos de gaivotas...
Tudo em prol do amor de uma mulher.
Beleza!
Beijinho delicado da flor
(Afinal onde está?)

belakbrilha disse...

inebriantes....
palavras...
nascimento...
vida...

BF disse...

vindoura nostalgia...

Beijos nostalgicos
BF

Ana disse...

Memórias de um futuro que se quer presente.

Paula Raposo disse...

Concordo contigo nestas palavras. Interpretei-as à minha maneira...beijos.

poetaeusou . . . disse...

*
teresa durães
*
teresinha
,
voando por aí, és,
sempre oportuna
sempre pragmática
sempre, sempre
,
xi
*

poetaeusou . . . disse...

*
pitanga
*
gosta
gostará eternamente
pitangando o infinito,
será ... ?
,
ondinhas
*

poetaeusou . . . disse...

*
meu doce amor
*
foi o que me inspirou
a palavra simbiose
,
tem vários significados ...
,
um terno beijo
*

GarçaReal disse...

Vindoura nostalgia que arrebata êxtases...
Nunca vividos?Como assim?

bjgrande e real

poetaeusou . . . disse...

*
era uma vez um girassol
*
grande flor
,
afinal onde está ?
,
ao sabor dos caprichos das quimeras...
*
xi
*

poetaeusou . . . disse...

*
belakbrilha
*
sublime ?
,
a vida,
*
j
*

poetaeusou . . . disse...

*
papoila
*
um campo em flor
"de futuras conjunturas"
,
brisas em beijos
*

poetaeusou . . . disse...

*
ana
*
numa encosta ... do mar
*
xi
*

poetaeusou . . . disse...

*
paula raposo
*
paulinha
*
eureka, linda
*
marés de beijos
*

poetaeusou . . . disse...

*
garça real
*
o non sense
,
recordando o que se sonhou,
será . . .
,
algas feitas beijos
*

AQUALUZ disse...

Por isso vamos às Galápagos.Queres vir comigo?

Inebriante espera no cais para partirmos.

Beijos Azuis

poetaeusou . . . disse...

/
aqualuz
,
que giro !!!
venho do teu cais ...
o meu convite é prioritário ...
,
beijoamar
/

Isabel Filipe disse...

maravilhosas as tuas palavras ...

adoro os teus poemas curtos ... qtº mais pequenos mais gosto ...

a foto dos ovos está soberba ... como conseguiste captá-los???


bjs

poetaeusou . . . disse...

,
isabel-f.
,
aconteceu o,
instante, o momento,
e
com a objectividade
da teleobjectiva ...
tenho a sequencia desta foto.
a surpresa foi tamanha
que não me ocorreu videar ...
,
bjs
,

José Leite disse...

Um dealbar da vida! O êxtase do nascimento!

poetaeusou . . . disse...

*
rouxinol de Bernardim
*
imbuído de non sense
impulso:
" foi para "isto" cervantes ??? "
*

GarçaReal disse...

Recordando o que se sonhou...
"em inebrianre espera"...
Sempre sonhando...sempre esperando...
Mas..........

bjgrande e real

poetaeusou . . . disse...

*
GarçaReal
*
esperas
sonhadas
inebriantes
inconstantes
angustiadas
quimeras
de ser virtual
e não real no lago ... real
*
jinos
*

sonhadora disse...

As férias chegaram. Parto amanhã. Levo todos no coração. Os meus sonhos só foram possíveis porque acreditaram em mim e deixaram-me sonhar.Obrigada!
Deixo beijinhos embrulhados em abraços

Eärwen disse...

" ...inebriante espera..."

Trazida por outro espaço, chego aqui e gosto muito do que leio...
Volto com certeza!

Pérolas incandescentes de inspiração e o convite para que visites o meu mundo.

Eärwen

PoesiaMGD disse...

Palavras espremidas no sentido e no sentimento! Profundamente belas!
Bjs

sonhadora disse...

As férias chegaram. Parto amanhã. Levo todos no coração. Os meus sonhos só foram possíveis porque acreditaram em mim e deixaram-me sonhar.Obrigada!
Lindo, este poema!
Deixo beijinhos embrulhados em abraços

poetaeusou . . . disse...

*
sonhadora
*
mitiga-me as saudades
*
xi
*

poetaeusou . . . disse...

*
Eärwen Tulcakelumë
*
grato
,
é para já
*

poetaeusou . . . disse...

*
PoesiaMGD
*
pseudo poemas
,
bigado
,
xi
*

Isabel Filipe disse...

tens a sequência da foto????

adorava ver....

coloca sff num novo post ... valeu???

bjs

poetaeusou . . . disse...

*
sonhadora
*
o iodo espera-te
*
beijo nazareno
*

poetaeusou . . . disse...

*
isabel-f
*
vou enviar-te
,
ji
*

Maria disse...

Os ovos são iguais, as gaivotas são iguais, os filhotes também.
Só o local é outro. As minhas são berlengueiras, as tuas nazarenas.....

Á migue, 'magine a praiia chêa d'gentiiii

Inté

poetaeusou . . . disse...

*
maria
*
caís - te
foi nas berlengas,
vou enviar prova
,
inté
*