maio 01, 2007

»»»»»»»»» infinito amor «««««««««



em ti
madrugo
corpóreo mar
gaivota, mulher
mergulhando em ti
em busca de acordares
feitos searas de trigo, pão
barca mulher, de verde farol
azul mar voluptuosidade, malícia
mistério difuso, de translúcidas brisas
levita amor, estou em transe, arrebata-me
leva-me contigo, conduz-me para lá do infinito
poema e foto: poetaeusou

44 comentários:

sonhadora disse...

de cor, de palavras e de sonhos se faz a vida. Colhe lírios, abraça borboletas, respira Maio e degusta a liberdade.


S._________________________







Beijinhos embrulhados em abraços

mari disse...

sobrevoa o mar feito gaivota, cheira a maresia que te envolve, respira fundo, abraça o amor de algas feito , agarra essa paixão avassaladora e parte rumo ao infinito.

Areal de beijos

Mari

luna e neptuno disse...

Pudesse ser farol, a porto seguro te conduziria, para em seguro porto poderes levitar.
jinhos

wind disse...

Adorei o poema e as fotos:)
Beijos

=^.^= Tarina =^.^= disse...

A primeira foto....
Quando era pequena e eram muitas as vezes que ia de carro até á Nazaré... recordo-me desse passeio.. com esse caracteristico grafismo.... eu só passava na parte preta LOLOL

O poema é lindo!
A música que o acompanha também...

=^.^=

Doces Momentos disse...

Adorei este poema. passei para te ler e deixar-te um beijo doce

poetaeusou disse...

+
sonhadora
+
maio lirico
vida em cor
respirando liberdade
em ti ...
+
jinos
+

poetaeusou disse...

/
luna neptuno
/
levita e eu vou
/
bj
/

poetaeusou disse...

*
wind
*
adorei a tua visita
*
jino
+

poetaeusou disse...

*
TARINA
*
e eu recordo-me de ver
uma menina, na marginal,
a saltar ao pé - coxinho,
nas pedrinhas pretas,
e a tentar apanhar as
gaivotas em "bicos de pés".
*
jino
*

poetaeusou disse...

+
doces momentos
+
espero sempre a tua visita,
porta sempre escancarada
+
marés doces
+

poetaeusou disse...

>>>
mari
>
mar,
rumo,
algas,
maresia,
gaivotas,
sobrevoando,
>
estrelinhas iodoisadas
<<<<

Sininho disse...

Hoje gosto mais da música...
As tuas meninas continuam alinhadas como mandaste.
(refiro-me às gaivotas; o que pensavas?)

Abraço e bom 1º de Maio.

poetaeusou disse...

/
sininho
/
hehehehe
gostei do comentário
/
nunca mando em mulheres
um solicito escravo, sou
/
abç
/

Isabel-F. disse...

...lindo ... como todos os outros ...
este teu poema ...

as fotos: maravilhosas

Bjs

Maria disse...

Isto é... AMOR!
Foste apanhado na rede, Poeta
Ainda bem!
E foi rede de arrasto, de certeza...
Que bom! Abre esse teu coração e deixa o amor entrar, outra vez!!!

Hoje dou-te beijos

Bia disse...

não é á toa que te chamam poeta...
o poeta da vida.
Um beijo

A COR DO MAR disse...

(Ta quebrado)
...tb diante de fotos desta natureza, impossivel deixar de "ver"
Fotografias de uma beleza enorme. PARABENS poeta

mari disse...

Foste apanhado na rede poeta?
De arrasto?
Cuidado, não te deixes acorrentar.

conchinhas da Nazaré

poetaeusou disse...

*
isabel.f
*
sempre a mesma
*
amanha vou regularizar
as visitas
*
abç
*

MEU DOCE AMOR disse...

Lindo como sempre.O amor faz cada magia...

E lá me perdi na música:)outra vez!

Beijinho doce

poetaeusou disse...

*
maria
*
deixa estar o tempo quieto
*
que está a chover
*
inté
*

MEU DOCE AMOR disse...

O poema perdeu-se em mim?

Não,ficou guardado.

poetaeusou disse...

/
bia
/
pseudo poeta,
retratista sensivel, só
/
procuro amizade,
ternura, empatia, simplesmente
/
estrelinhas do mar, muitas
/

poetaeusou disse...

/
acordomar
/
lina
/
um beijo grande
/

ATÉ VER .... disse...

Olá,Poeta!

deixo-te um poema de Sophia. Lê, medita e responde.

< voltar a Sophia de Mello Breyner Andresen


Pudesse Eu

Pudesse eu não ter laços nem limites
Ó vida de mil faces transbordantes
Para poder responder aos teus convites
Suspensos na surpresa dos instantes!



Sophia de Mello Breyner Andreson


Areal de beijos salpicados pela maresia da Nazaré

poetaeusou disse...

/
mari
/
conchinhas da nazaré
/
bj
/

poetaeusou disse...

/
meu doce amor
/
linda magia
musica e amor
/
xi
/

poetaeusou disse...

/
meu doce amor
/
espero ...
/
xi
/

poetaeusou disse...

/
até ver
/
Mesmo que eu morra o poema encontrará
Uma praia onde quebrar as suas ondas
E entre quatro paredes densas
De funda e devorada solidão
Alguém seu próprio ser confundirá
Com o poema no tempo
in) sophia
/
beijo
/

docepoetisa disse...

Só mesmo o amor te pode levar para lá do infinito, só ele tem a faculdade de voar sobre obstáculos intransponiveis.
bj

f0fa disse...

Como eu adoro esta musica!!!
O padrinho sabe...
Big Kiss

GarçaReal disse...

Amor...A tal chama que arde sem se ver.
bj

poetaeusou disse...

*
doce
*
só ...
*
bj
*

poetaeusou disse...

/
f0fa
/
o nosso martinho, né ?
/
taninha
beijinhos
abraço ao Nelson
/
padrinho
z
/
/

poetaeusou disse...

/
garça real
/
amor ???
quando virá
ao meu encontro ???
/
xi
/

Maria Carvalho disse...

Gostei desse pedido para além do infinito. As fotografias são lindíssimas.

Teresa Durães disse...

um lindo poema no dia Maio Maia, mãe natureza, mulher!

bom dia!

Maria P. disse...

Belíssimo!

Beijo de Maio.

amo-te disse...

Amor infinito
Eu tenho por ti
Poeta que cantas o mar
E todas as formas do verbo amar

Por ti voarei nos mares do mundo
Por ti descerei até ao fundo
Desse azul marinho liquefeito
E amar-te-ei de qualquer jeito

Mar, doce mar
Paixão que alimento
Neste momento
Em que me encanto
Pelo teu canto
E por aqui ficarei a amar
A amar
A amar
A amar

Conchinhas da Nazaré

poetaeusou disse...

/
maria carvalho
/
os teus poemas
continuam a serem os mrlhores
/
beijo
/

poetaeusou disse...

/
teresa durães
/
mulher é mulher
/
abç
/

poetaeusou disse...

*
maria p.
*
belissima
a
casa de maio
*
bi
h
/

poetaeusou disse...

/
amo-te
/
lindo, belo
/
bj
/