abril 20, 2007

»»» mulher, amar, nuvem, bruma do mar «««


quero-te mulher, feita amor, feita de amar
em dilema e delírios, mar, nevoeiro, nuvens
mar levante, mar sul, outra margem, mártir
mulher afectos, em sorrisos, ansiado abraço
que trazes, nevoeiro mar, nuvem carregada ?
mulher nuvem, mulher bruma, do mar, desejada
dispersa nevoeiro, surge mulher, golfadas de luz
vai vazio tédio, escura solidão de falados silêncios
vem mar mulher amar, corpo incandescente e ecos
murmúrio amadurecido, acariciante em ti reflectido
veluda palavra, desencorajamento de encontrado sol
preconcebida mulher, bálsamo, perfumes de amores
paraíso dos penetrantes sentidos, de amantes amigos
prematuras insónias, noite ardente, aconchegada lua
madrugadas de prantos convulsa cisterna, de dor flor
graças trocadas, crepúsculos, em caminhos do (a)mar
poemado e fotos de: poetaeusou

44 comentários:

mari amar disse...

Então isto agora é assim? Ó poeta não postes tão inesperadamente.Avisa o harém!
bjokas

mari amar disse...

ESPECTACULARES IMAGENS!

FOTÓGRAFO GENIAL!

AREAIS DE JINOS

mari amar disse...

Este poema é mais um dos.... muito belos que saem desse corpo de emoções feito.

ilhas de beijos

mari amar disse...

Ser Poeta

Ser poeta é ser mais alto, é ser maior
Do que os homens! Morder como quem beija!
É ser mendigo e dar como quem seja
Rei do Reino de Áquem e de Além Dor!

É ter de mil desejos o esplendor
E não saber sequer que se deseja!
É ter cá dentro um astro que flameja,
É ter garras e asas de condor!

É ter fome, é ter sede de Infinito!
Por elmo, as manhãs de oiro e de cetim...
É condensar o mundo num só grito!

E é amar-te, assim, perdidamente...
É seres alma, e sangue, e vida em mim
E dizê-lo cantando a toda a gente!

Florbela Espanca



És o maior! beijos

mari amar disse...

tá calme e má'rase!

lancha bem, moce.
a nôte égande....

mari amar disse...

má onde stão moças?

mari manda niste tude...

areais de bêjos

Luna disse...

Mari amar,
mandavas minha linda amiga, só te dei espaço, depois da noite de ontem, só se o poeta me afogar e no mar me abandonar. ehehe

Poeta- as fotos estão lindas, o poema também mas senti nostalgia, sera? diz-me as gaivotas pararam com a greve? queria mandar uma mensagem....

jinhos

mari amar disse...

Oh!Luna, querida, o harém sem os teus olhos verdes não faz sentido. Fazes falta neste leito de algas, gaivotas, poetas, anémonas, estrelas...

O poeta tá a descansar. com esta música ficou extenuado-

A nôte promete.

Jinos da mari

mari amar disse...

Poeta! Poeta! Poeta! Tuas ninfas reclamam a tua presença.


beijo, zé do mar.

poetaeusou disse...

B L O G U E I R O S

OPORTUNIDADES DE EMPREGOS NO »»»»»»»»»»»»»»

http://oportunidadeenegocios.blogspot.com/

ATÉ

poetaeusou disse...

+
LUNA
+
esverdeada luna
+
o nosso crepusculo
não terá o desfecho de um:
inês e pedro
julita ou romeu
isolda e tristão
alem do mais
tu és medalha de ouro em natação.
nem necessitavas de nadar
uma legião de golfinhos
traziam-te suavemente para estas,
"terras de espanha, areias de portugal".
+
as gaivotas como prova a 2ª Foto,
continuam em assembleia, logo greve.
+
jinos
+


+

poetaeusou disse...

*
mari amar
+
zé do mar ?
+
ontem o delfim (um abraço)
hoje o zé do mar
+
porque sou tão sensivel
e não, um:
insensivel al capone ...
+
beijo
+

mari amar disse...

Faço oito comentários e tenho uma pequenina resposta. a donzela do norte leva com versos.
Pois bem, fiquem os dois. Vou partir.

sem abraços

Luna tu não tens culpa mas o poeta desprezou minhas palavras

poetaeusou disse...

/
mari amar
/
amor volta e vem ao meu encontro
tu sabes que sou teu escravo
embora tenha o amor em atrazo.
vem para mim eu estou pronto
nao leves a rosa deixando o cravo
quero o amor á ordem e não a prazo.
/
in) aleixo de marrocos
/
beijão
/

Luna disse...

Fica Mari, eu sei abdicar,
Tu chegaste primeiro,eu fui a ultima a aportar,assim vou dar uma voltinha pela praia, conchinhas apanhar, talvez encontre uma gaivota que ao botão queira jogar
jinhos me vou

poetaeusou disse...

/
luna
/
não molhes os pés
arregaça a saia
tenho ciumes do mar
não demores, na praia
/
jino em conchinhas
/

docepoetisa disse...

com estas imagens e tão belo poema é belo ser mulher
bj

rosa dourada/ondina azul disse...

Um belo poema, dedicado à mulher e ao mar azul.

Bom fim-de-semana,

MEU DOCE AMOR disse...

Lindas como sempre.

As brumas que trazem o delírio...

Um mar assim,era já um doce banho.

Beijos

poetaeusou disse...

/
docepoetisa
/
ái se o mundo
fosse gerido por mulheres.
/
b)
/

poetaeusou disse...

/
rosa dourada/ondina azul
/
azul
dourada
rosada
trazida por uma ondin(h)a
/
b)
/

poetaeusou disse...

/
meu doce amor
/
um banho de delirios
num doce mar de brumas
/
b)
/

docepoetisa disse...

Se o mundo fosse gerido por mulheres, não era este mundo mas outro bem diferente. Melhor? Pior? Dependeria talvez dos homens......
bj

poetaeusou disse...

*
doce poetisa
*
que lindo, só mulheres na rua.
os homens em casa nas domesticas
lides.
inquirindo ás suas queridas,
como decorreu o dia, amor ?
*
bj
*
***

Luna disse...

Poeta-
vem correr descalço na areia da praia, vem sentir o aroma do mar, o cantar das gaivotas elas estão a chamar-te, vem poeta...
jinhos

ATÉ VER .... disse...

Poeta!

Cheguei! Com o mar e uma gaivota por companhia. Nazarena? Talvez.
Beijinhos

Sininho disse...

A mão que disparou a máquina para fotografar assim o mar, só pode pertencer, mesmo, a um poeta.

Abraço e bom fim de semana

poetaeusou disse...

/
luna
/
ando a procurar
as bermudas ...
pera no sitio do costume, tá ...
/
jino
///

ATÉ VER .... disse...

Poeta!

Ouve a música!
Beijinhos

poetaeusou disse...

*
até ver
*
mari
*
tou azuli olha cá pariga,
tens bon gosti,
essa gaivota, é a gavy...
*
até ver, oquê,
o óro melhões...
*
jini
*

poetaeusou disse...

/
sininho
/
matas-me com tantos mimos
/
xi
/

poetaeusou disse...

/
até ver
/
Só que é da boca pra fora
Ou você me engana
Ou não está madura
Onde está você agora?
/
caetano
/
jino
/

Maria disse...

"quero-te mulher, feita amor
crepúsculos em caminhos do (a)mar..."

"há sempre alguém que resiste
há sempre alguém que diz não"

Pronto, já percebeste o meu atrazo...
As fotos estão lindas. Vou "roubar-te" a primeira...

Hoje dou beijos a todos

poetaeusou disse...

/
maria
/
estás feliz
/
continua amiga
/
inté
/

Caçadora_de_sonhos disse...

Lindo poema, por momentos vi-me ao espelho...

poetaeusou disse...

///
caçadora_de_sonhos
/
vi o teu reflexo no meu espelho !!!
/
j)
///

Era uma vez um Girassol disse...

Pois, querido poeta, aqui namora-se, dá-se ternura, esperança e poemas em catadupa!
As fotos são lindas e este poema especial, de grande delicadeza, sempre dedicado à mulher, em forma de apelo.
Eu estou exausta...
Em fase de recuperação lenta.
Bjs

bom dia isabel disse...

Desejo-te um bom fim de semana.
Beijinhos

Luna disse...

Então poeta, passei a noite na praia a apanhar conchinhas , á espera que encontrasses as bermudas, que aconteceu? não apareceste, nem ás gaivotas dei a voltya para jogarem ao botão, as danadas lá continuam em greve,isto esta a ficar mal já nem ás gaivotas dou a volta.

E tu Mari , por onde andas, também não encontras a s bermudas?

Jinhos

Maria P. disse...

Assim é bom ser mulher.

Beijinho*

poetaeusou disse...

///
era uma vez um girassol
/
flor môr
/
volta rápido,
passa um olhar de "saudade"
ao Delta da Aveiro" ria ...
marés de ondinhas
extensivas a Macau...
/

poetaeusou disse...

*
bom dia isabel
*
um olá de ternura
para ti,
e Ria Formosa
*
b)
*

poetaeusou disse...

/
luna
/
não me culpes,
procurei
não
encontrei
o tal farol ... o teu olhar ««««
/
jino
/

poetaeusou disse...

,,,
maria p.
,,,
vem mar mulher amar, corpo incandescente e ecos ,,,,,,
,,,
jino
,,,,,,,,