fevereiro 22, 2007

»»»»»»»» Para ... ««««««««

Reflexa, Sol
Espero-te, Amor.
que estranho, á tardinha.
de costas voltadas espero por ti.
é cedo ? sim, eu sei amor.
vou olhando para o ocaso.
ansiando que o majestoso sol.
atinja a linha do horizonte.
e a sua suprema luz.
de astro-rei dominante.
espera amor, é agora.
o idealizante momento.
de instantar o magno, pôr-do-sol.
que te enviarei, com benquerenças.
sim amor, dizia, que a luz solar.
incida na musa dos poetas.
a minha esperada Lua.
Lua dos dias e das noites.
dos princípios sem ocasos.
foste engolido sol, no horizonte.
e eu num esperançoso volver.
inserido no nascimento da noite.
espero-te, quero ama-la, Lua.
óh reflexadora do meu amor.
vérte toda a tua luz sobre ela.
quero aprisionar a sua sombra.
ciumando, colhe-lha , guardá-la.
quero um amor sem sombras.
límpido, transparente, cristalino.
quero tocar-te, cingir-te em mim.
saciar-te, saciando-me.
loucurar, com lucidez.
infinitizar o momento.
delongar o desejo.
famintizar o querer.
irrigar-te de amor.
protelar o concretizar.
Concretizando …

Poemar e foto: poetaeusou







24 comentários:

Isabel-F. disse...

Lindo o teu poema de amor...
a foto é belissima tb.

bjs

poetaeusou disse...

Pura condescêndencia,
da tua parte, Isabel, só.
Comentário gratificante.
obrg.
bj)

Sininho disse...

Fica-te melhor a melancolia, um certo estado de alma, contemplativo, mas sereno.
Continua assim, sabendo despedir-te do Sol, para saudar a Lua.
E amando a ambos.
O carnaval já se foi, restaram as cinzas.
Faz como a Fénix, poeta.
Um abraço

Maria P. disse...

Lindo.
...e entre a espera e o Sol - um tempo - agora: sonhar a Lua...

Beijo*

IsaMar disse...

Olho para o horizonte
E espero o amor...
Vejo teu olhar
Em meu esplendor...

Em minhas ondas
Teu mar quero encontrar...
Em teu brilho
Espero um dia amar...

Navego em tua doce alma
Em teu lindo azul mar
Vem meu doce sonho
E em teus lábios navegar...

IsaMar

beijos

poetaeusou disse...

sininho
»»»»
Para saltar é preciso dar um impulso para a frente, mas para o fazer é preciso tomar balanço, portanto,é preciso voltar para trás. Se não se volta para trás, não se vai para a frente.»
in)Umberto ECO

abç)

poetaeusou disse...

maria.p

Confinar, delimitar, restringir,
a sonhar, só.
será o que me resta ???.

beijo*
henry

poetaeusou disse...

ISAMAR
discortino-te, em mim.
ondeando, navegando.
teus lábios procurando.
qual mastodonte.
perscruto o horizonte.
avisto a Madeira, meu jardim ...

bjs)

Maria disse...

Este sim, é o poeta que eu conheço.
Ficam-nos melhor estas palavras.
Deixa que o mar, o sol, a lua, a praia, o Sítio te influenciem dando-te a energia diária de que precisas.

Inté!

poetaeusou disse...

maria
DO NOSSO ZECA
Eu não sei como te chamas
oh Maria da Berlenga
nem que nome te hei-de eu pôr
oh Maria da Berlenga. oh Berlenga Maria
cravo sim que tu não és rosa
oh Maria da Berlenga.
Rosa não que tu és flor
oh Maria da Berlenga oh Berlenga Maria.
Como vês eu canto bem. oh,
Berlenga Maria.
Já pareço uma Cotovia.
Maria Berlenga, Berlenga Maria.
Alterado)
inté.

samaria disse...

ai, que não posso mais olhar para as vossas imagens de mar atlântico, que me derretem por dentro com saudades de sal. ai, que me doi em lágrimas não poder agora aí molhar o pé, molhar-me toda até a alma. é uma paixão de elefante a que trago sempre comigo, por essa costa de beleza indizível.

poetaeusou disse...

SAMARIA
Ai a Samaria, Holandesa.
Que quer molhar o Pé.
Vem ao mar da Nazaré.
Curtir o sal das Saudades.
Bué de Felicidades.
Da´Nazaré, feita beleza.
xino)

PoesiaMGD disse...

Protelar... que espera gratificante...

poetaeusou disse...

poesiamgd
protelando.
a espera.
gratificando.
o saciar...

Paula Raposo disse...

Eu vi este por de sol contigo? Parece-me que sim...adorei o poema. Beijinhos.

poetaeusou disse...

Paulinha
Gostas do Poema ?
Sério ?
obrigado
um beijo)

Sílvia disse...

O teu "protelar o concretizar concretizando" fez-me lembrar o "Faz-se caminho ao andar" do António Machado...

Parece tão evidente e às vezes... :)

Luna disse...

O amor chega na hora certa assim como o sol se pôe no horizonte
jinhos

poetaeusou disse...

Silvia.
E "há caminhos não andados,
que esperam por alguem"
Nada é evidente, nem o óbvio.
digo eu ...
b)

=^.^= Tarina =^.^= disse...

Ai.. belas palavras...
Que mistura tão mágica de sons e de desejos...
Este sim é o meu poeta ;)

Quando escreves de amor ... simplesmente maravilhoso...
Bonita tua forma de transpor cá para fora... todo o sentimento..

É amor...
Épaixao...

1 beijo =^.^= tarina

poetaeusou disse...

LUNA
Mil perdões.
Acontece, que o sol não se põe,.
no horizonte, porque o horizonte,
não é fixo.
A terra é que se afasta do sol, Orbitando. Não é Galileu ???
Assim sendo sobeja-me... a Lua...
Luna, repara na minha "Cóltura".
afluxos prateados, para ti...

poetaeusou disse...

TARINA
Vou seguir a tua sugestão.
Só Prosa.
Só Poemadas.
e
Parola.
Parola.
Parola...
jinos

Paula Raposo disse...

Claro que adorei o poema! Duvidas?! E a foto também. Ao vivo ainda foi mais bonito ver esse lindo por de sol, contigo. Beijos.

poetaeusou disse...

Paulinha
Então...
Gostaste do Poema,
e do Por-do-sol.
obrigado
benjinhos