janeiro 21, 2007

Porquê ??? Lua Feiticeira ...


Fui enfeitiçado.
Por ti Lua.
Integralmente.
Intensamente.
Como ás marés vivas.
Que tu influências.
Em estranha dimensão.
Numa vigorosa robustez.
Tri – Piramidal …
Colossal. Maravilhosa.
Despertando os desejos.
Afluxos prateados.
Vêm possuir – me.
Com mil carícias .
Num ritual inebriante.
Em que os nossos lábios.
Num recorte único.
Em paixão se convertem.
Eu e Tu, Lua… Nós Lua, nós…
in) poetaeusou


26 comentários:

Maria Carvalho disse...

Adorei esse feitiço lunar!! Beijos.

Non disse...

Ora bem! Começou a escrever em casa própria.

E logo à lua!

:)

Vais é ter de esperar que cresça, ainda vai pequenina, a Lua.

Bjs

poetaeusou . . . disse...

Paula
E eu adorei os teus beijos.
Regredino os meus desejos.
hihihihihihihi
Xinos

poetaeusou . . . disse...

non
Planearam roubar-nos a Lua.
O Gagarine.
O Armstrong.
Mas os Espiritos dos Poetas,
Expulsaram-nos.
Ao som de:
Lua ou Lua.
Querem-te roubar a Paz.
Xinos prateados, para tí.

Anónimo disse...

Adoro a Lua...
Sinto-me bem na noite escura...
Será minha, será tua..
É a lua que é tão pura...
Tão serana... tão brilhante...
Linda como um diamante!


Para ti Poeta!

wind disse...

Sensual lunar:)
bjs

poetaeusou . . . disse...

Tarina.
A lua sabe.
Falou-me em ti.
Num Mail.
Prateado.
Que acolhesses.
O seus prateados.
Fluxos.
Há um concretizar
Futuro.
Em cada um.
Palavra Lunar
Tarina.
Prateados Xinos.

poetaeusou . . . disse...

Wind.
Sensual.
Como o teu Blog.
Como tu (no virtual)
XINOS LUNARES.

Anónimo disse...

obrigada pela homenagem à velha Deusa, Mãe das Paixões. Aquela que lá de cima ri e sopra fogo quando cá em baixo seres fazem amor. Aquela que ainda alguma magia tem, para apoquentar muitos numa potencialidade estrondosa.

poetaeusou . . . disse...

SAMARIA
Acredita sempre no Belo
O Luar, em Janeiro é Unico.
Como Canta e Dança.
O Tá-Mar e o Mar Alto.
»»»Luar de Janeiro.
Meu amor Primeiro.
Amando ao Luar.
O amor dá voltas e Voltas.
Mas sempre Retorna.
Ao mesmo Lugar.
lá lá lálálá. ««««
Um luar de xinos.

Maria P. disse...

Finalmente o seu espaço! Devo confessar que sempre "cuscava" os seus comentários e pensava...que pena não tem blogue.

Agora descobri, parabéns!

Bjos*

Flor de Tília disse...

Finalmente tem blog!Gostei!
Beijinhos

Maria disse...

Lua?
Ai o feitiço da lua cheia, ai a lua...
Ai a lua mar de prata...
Ai a lua a pôr-se no guilhim...

Muito bem, assim gosto!
Inté

poetaeusou . . . disse...

maria.p
Espero que na próxima visita.
Encontres já mobilada o meu T-19.
Como se nota está, balburdiado.
Xinos (o convento de mafra cheio)

poetaeusou . . . disse...

blugaridades.
Trata-me por tu.
Não me faças mais Cota.
O meu Bébé, está em,
fase de crescimento.
Num espaço temporal de 10 anos.
Farei sombra ao teu Blog.
Onde não se respira ar.
Sim o Poemar.
A Poesia
A Sublime Prosa, e.
Especialmente Tu.
blugaridades.
Xinos em poemas.

poetaeusou . . . disse...

Maria
Para ti, Maria Lua, Maria Guilhim.
»»»»»»De que fontes de que águas
De que chão de que horizonte
De que neves de que fráguas
De que sedes de que montes
De que norte de que lida
De que deserto de morte
Vieste tu feiticeira
Inundar-me de vida.««««««««««
XINOS, do Guilhim á Berlenga.

poetaeusou . . . disse...

No andar de Cima.
Letra: Francisco Viana.
Musica/canto: L. Represas.
Obviamente

Era uma vez um Girassol disse...

Amigo Poeta, muitos Parabéns pela tua nova e acolhedora casa!
Lembras-te? Tanta vez perguntei:
-Para quando um blog????
Finalmente cá está ele, ainda recém-nascido, mas sendo já um lugar de encontro onde nos sentimos bem!
Obrigada pelo bombom...
A Lua, essa sempre maravilhosa e encantada...Que continue a espalhar em ti os seus reflexos prateados e nos ofereças muitos poemas cheios de sensibilidade e saber.
Beijinhos

poetaeusou . . . disse...

GIRASSÓL !
O Sol brilhou.
Reflexando-se na Lua.
Com a tua visita.
Á minha "nénésinha" Casa.
Mas um dia terei um cantinho.
Digno dos que visitas-te em Macau.
Bani a minha costela de anarca.
Criticar menos.
Proporcionar mais.
Nunca esquecendo Miguel Torga.
»»» Poeta(eunãoosou) é aquele que
Desassossega o sossego«««««

Bjs. A ria cheia de:

Teresa Durães disse...

A Lua e as suas energias! Mãe, amante, e a que rouba a vida. Transforma as marés. Do mar, as nossas. Por cá andarei a ler!

poetaeusou . . . disse...

E eu.
Voando "para" Aí, sempre...
Xinos, em luas...

Ana M. disse...

"O luar de Janeiro não tem parceiro"?

Mentira.
O luar de Janeiro
Arranjou o seu parceiro:
Um poeta verdadeiro.

poetaeusou . . . disse...

sininho.
Do alto da falésia, ao Luar.
Avisto o mar imenso prateado.
Por Pessoa e outros glorificado.
Em manto de seda verdadeira.
Eu? não, não tenho parceira.
Qual Ninfa, que eu possa Cuidar.
xinos, aluados.

Maria disse...

Lua - sempre inspiradora de belas palavras.
Beijos

poetaeusou . . . disse...

Dulce.
A Lua.
Que te inspire nas tuas decisões.
Poemar, Prosar, Blogar é Viver!!!.
Xôxos, aluados.

Parapeito disse...

...E os lobos uivam AAuuuuuAuuuuuu
:))